CARREGANDO

Busque Aqui

Surf

4 dicas para comprar sua primeira prancha de surfe

Compartilhar
prancha de surfe

As primeiras pranchas de surfe eram feitas de madeira, lá nos começos do século vinte. Elas podiam pesar incríveis quinze quilos, enquanto hoje vemos pranchas em fibras de vidro, flutuantes.

Os designs evoluíram no decorrer das décadas e atualmente os modelos variam enormemente. Assim, escolher sua primeira prancha de surfe demanda atenção. Nada de regras na hora de comprar seu primeiro modelo. O que traremos neste artigo é mais uma série de dicas para orientar você que está começando no surfe.

A primeira recomendação é fazer no mínimo uma aula, antes de se jogar no mar sozinho. Isso para ver como você se relaciona com a prancha, sem contar o auxílio do profissional, é claro. Confira nossas dicas!

1. Conheça os tipos básicos de prancha de surfe

Antes de tudo, falaremos dos principais modelos de prancha de surfe. A shortboard também é conhecida como “pranchinha”. Depois temos a funboard e a longboard. Hoje existem os mais diversos modelos, formas ou materiais, mas essencialmente eles se resumem a esses três. O contato com eles te ajudará a descobrir seu estilo. 

2. Descubra quais são as medidas das pranchas

As pranchas são medidas em pés e em polegadas. Por exemplo: um modelo de cinco pés e onze polegadas (no comprimento) é a “cinco onze”. Escreve-se assim: 5’11”. A medida ideal vai depender de aspectos como os pesos, portes e as idades do surfista. Leve em conta, ainda, seus objetivos no surfe e com que assiduidade você surfará.

3. Defina seu objetivo e estilo em relação ao surfe

Escolher sua prancha de surfe depende em parte dos seus objetivos. Digamos que você queira realizar manobras como pegar tubo, rasgada, dar batida ou um aéreo. Tudo isso nos leva às shortboards. Essa é a prancha que vai te permitir os melhores desempenhos para esses tipos de manobra.

Caso seu objetivo sejam as manobras leves, como andar até o bico e realizar curvas mais lentas, escolha longboards. Já as funboards, encontram-se no meio das outras duas. Ela é perfeita para performances mais rápidas do que as da longboard e mais lentas que as da shortboard. Porém, talvez você só defina seu perfil na água mesmo, sentindo na prática!

4. Considere com que frequência você vai surfar

Deve-se levar em conta ainda, ao escolher a primeira prancha de surfe, com que frequência você vai praticar esse esporte marítimo. Você vive em cidades litorâneas ou nas proximidades? A frequência provavelmente será alta. Dá para praticar no mínimo umas três ou quatro vezes na semana. É possível evoluir rápido, devido ao seu preparo físico e à variação maior das ondas.

Quem vive mais afastado das praias, podendo surfar no fim de semana ou no feriado, tem uma frequência mediana. Você evolui, é claro, porém não tão rápido quanto o surfista que pratica diariamente. Desde que você consiga manter uma frequência legal, a evolução virá com o tempo!

E se você tem a oportunidade de praticar apenas uma ou duas vezes em um mês, não se preocupe. Se a frequência é baixa, considere as longboards com shapes bem versáteis. Assim você pode pegar variados tipos de ondas, pois não será possível ser tão seletivo na escolha delas. O modelo possui flutuação alta, facilitando o equilíbrio sobre a prancha.

Basicamente são essas as primeiras recomendações para uma escolha assertiva da sua primeira prancha de surfe. Lembre-se de que os fatores sempre podem variar, de acordo com o perfil de cada surfista. Só com a prática você definirá melhor seu estilo e descobrirá suas preferências. Mas siga essas dicas e comece bem, com muita atitude sempre, é claro!

E aí, curtiu conhecer mais sobre os tipos de pranchas de surfe? Confira agora, então, como fazer reparos na sua roupa de borracha.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *